fbpx

Mandacaru – uma breve história sobre o presépio de natal do casapark

01 de Dezembro de 2020

Uma breve história do Presépio

Foi um mês antes do Natal de 1223, em uma gruta em Greccio (Rietti – Itália), que o frade Francisco, que anos depois viria a ser São Francisco de Assis, montou o primeiro presépio. Francisco criou uma instalação didática e plástica com personagens cujas simbologias vão além da descrição de uma das cenas mais emblemáticas do cristianismo descrita por São Lucas, com o único objetivo de explicar a importância do nascimento de Jesus. Os pastores, por exemplo, significam a humildade, o anjo, a celebração do Céu.  A estrela é a luz que guia o caminho para encontrar o Salvador. Os Reis Magos representam a ciência e eles trazem ouro – realeza -, incenso – sua fumaça eleva as orações ao céu – e mirra – o presente profético que representa a dor e a eternidade. Presépio, do latim Praesaepe, significa estrebaria. Entre os vários significados que Francisco atribuiu aos personagens, Jesus nasce na pobreza, na simplicidade, para fazer o homem mais humano. No Brasil, o primeiro Presépio foi montado pelo Padre Anchieta, em 1552.

 

Sobre os curadores

Adriano Guimarães e Fernando Guimarães são diretores de teatro, professores e artistas visuais brasileiros. Há vinte anos, pesquisam a relação da palavra e da imagem no teatro e nas artes visuais. Suas peças e exposições foram apresentadas em mais de 20 estados brasileiros e em vários países. De 1989 a 2019 produziram e dirigiram mais de 60 espetáculos, notadamente de autores como Samuel Beckett, William Shakespeare e Nelson Rodrigues, Participaram de vários festivais internacionais como: Principe 54, na Espanha, Festival de Avignon, na França, e Festival de Aahurs, na Dinamarca. Cinco vezes os seus projetos foram indicados ao Prêmio Shell Rio e São Paulo e uma vez vencedores. Participaram de mais de 20 exposições como HiPer// relações eletro digitais//, RS, Panorama da Arte Brasileira – Desarrumado 19 Desarranjos, em SP, RJ, na Espanha e Colômbia, Rede de Tensão, Bienal 50 Anos, SP, The Theatre of Installation, Museum of Installation, Londres. Em 2013, apresentaram o projeto Cheio/Vazio, na Feira do Livro de Frankfurt, Alemanha. Hamlet – Processo de Revelação (2015-2017); Ruído (2016); Nada – Uma Peça para Manoel de Barros (2012-2013).

Cadastre-se e receba novidades

Quer ficar sabendo sobre promoções, notícias e informações do CasaPark?

Cadastre-se