Exposições e encontros com artistas, designer e curador marcam lançamento de nova coleção de mobiliário na Hill House

13 de Setembro de 2018
Notícias

 Jader Almeida, Lucinda Simas Magalhães, Luiz Gallina, Gisel Carriconde e Ralph Gehre abordam as fronteiras e os limites da arte e do design em conversa aberta ao público

 

No próximo dia 20 de setembro, quinta-feira, às 19h, uma conversa entre artistas, curadores e designer na Hill House marca a abertura das mostras “Pinturas e sonhos”, de Luiz Gallina, e “Vistas para tocar o mundo”, de Lucinda Simas Magalhães, com curadoria de Ralph Gehre, a apresentação da nova vitrine conceitual, uma instalação criada pela curadora e artistas visual Gisel Carriconde sobre a obra de Sérgio Rodrigues, e o lançamento da coleção 2018/2019 do premiado designer Jader Almeida. A participação do público na conversa é livre e gratuita. As mostras ficam em cartaz até o dia 24 de novembro, com visitação de segunda a sábado, das 10h às 22h, exceto feriados. A Hill House fica no CasaPark, Piso Térreo, lojas 125/126, Brasília-DF. Telefone: (61) 3363-5273.

A programação de abertura das mostras e da apresentação da nova coleção do designer Jader Almeida começa com um bate-papo aberto ao público. Participam da conversa, Jader Almeida, Lucinda Simas Magalhães, Luiz Gallina, Gisel Carriconde e Ralph Gehre. Na pauta, o design brasileiro, a arte contemporânea, a pintura e a fotografia em um diálogo com as novas narrativas da arte, entre outros assuntos que podem ser levantados pela plateia.  A conversa começa às 19h, com entrada é gratuita e classificação indicativa livre para todos os públicos.

A nova coleção criada pelo designer Jader Almeida chega à Hill House com o caráter de atemporalidade, onde um produto não surge em detrimento do antigo, pois não estão condicionados a tendências efêmeras. Cadeiras, poltronas, mesas, sofás e luminárias mantém a qualidade do design e dos matérias e acabamentos que fazem desta uma das marcas de mobiliário brasileiro mais requisitadas no País e no exterior.

Exposições

Com curadoria de Ralph Gehre, as mostras “Vistas para o Mundo”, de Lucinda Simas Magalhães, e “Pinturas e sonhos”, de Luiz Gallina, têm pontos de contato, ainda que as linguagens sejam distintas. São 29 fotografias de Lucinda e 12 óleos e acrílicas sobre tela de Gallina. “As duas exposições se encontram em muitos termos com pesquisas poéticas muito próximas: A escolha do trabalho de construção de um mundo pessoal. Gallina a partir dos sonhos e Lucinda, da construção de um romance pessoal”, afirma o curador.

Para Ralph Gehre, a montagem de uma exposição de arte em uma loja de móveis de design representa um desafio à expografia, uma vez que museus e galerias são espaços neutros que favorecem um encontro específico com a arte. “No entanto, a montagem propõe uma antevisão do que possa vir a ser o acolhimento de uma obra de arte dentro das casas e apartamentos”. E completa: “A qualidade do mobiliário brasileiro é muito boa, criando uma simbiose entre arte e design”.

Lucinda Simas Magalhães apresenta em “Vistas para tocar o mundo” quatro séries recentes e inéditas. As 29 obras que compõem a mostra resumem, na diversidade de seus interesses, os componentes que persistem em seu olhar e constroem a coesão de seu trabalho. São fotografias feitas ao sul, entre o Brasil e as vizinhanças da cidade de Assunção, no Paraguai, e na periferia da cidade de Maputo e na Ilha de Moçambique, ambas em Moçambique, na costa oriental da África.

Muito além de um diário fotográfico de viagem, as imagens de Lucinda se mostram como um entendimento da linguagem fotográfica, que aqui se constrói como fatura têxtil, entre o liso e o rugoso. “Prevalece o critério tátil, atento à pele que acolhe e reflete as luzes, aproximando matérias tão distintas como água, vegetações ou arquitetura, prestando-se ao exercício minucioso entre escalas, relacionando distâncias focais e intensidade de cores”, afirma Gehre em seu texto curatorial.

Em “Pinturas e sonhos”, série de óleos e acrílicas sobre tela em tamanhos variados que podem ser de 140 cm X 140cm e de 140 cm X 160 cm, Luiz Galinaretoma dois de seus fascínios desde o início de sua carreia como artista: A pintura e o sonho. Esta é a mais recente produção do artista, conhecido ainda por atuar com diversos meios como a gravura, o desenho, a aquarela e a escultura. Quando começou a pintar, em meados dos anos 1970, o sonho era o ponto de partida para a pintura. Hoje, mais de quatro décadas depois, o sonho é um pretexto para alcançar a pintura.

“Nestes trabalhos, me interesso mais pelo significante que pelo significado”, afirma. As obras que apresenta na Hill House reúnem objetos e elementos que tem um ponto de contato com a materialidade, mas que em seu contexto pictórico perdem o contato com a realidade, desencadeando ou construindo novas memórias. “São elementos, cores e objetos que surgem nos meus sonhos. Eles são gatilhos para iniciar a pintura.  Esta série reside essencialmente na memória”, completa.  As associações cognitivas que surgem delas podem intrigar o espectador ao parecer entender umas coisas e não entender outras.

Galeria Vitrine

A Curadora e artista visual Gisel Carriconde ocupará a Galeria Vitrine com uma instalação dedicada ao designer brasileiro Sérgio Rodrigues. “A instalação é uma homenagem à dimensão humana que Sergio Rodrigues dava às peças que criava, às raízes brasileiras do seu mobiliário e à loja OCA, criada por ele nos anos 1950”, diz a curadora. “integrei as poltronas num espaço ligado às suas origens, próximos da terra e da simplicidade dos materiais tal qual eles aparecem na natureza, um interior que capturasse o imaginário coletivo do Brasil rural”, completa.

Sobre os artistas

Lucinda Simas Magalhães (1953) iniciou-se na fotografia em 1983, no ateliê do artista e fotógrafo Roberto Varcárcel. Cursou Fotografia na Washington School of Photography e no New York Institute of Photography, nos Estados Unidos. É licenciada em Tradução e Interpretação Simultânea pela Universidade de Georgetown. Começou seu trabalho utilizando equipamentos analógicos e filmes branco e preto, operando as técnicas tradicionais de laboratório, inclusive a revelação de seus próprios filmes. Atualmente utiliza equipamentos digitais. Já expôs no Brasil, na Polônia e no Marrocos. Em 2013, foi premiada no Reino Unido, por ocasião da competição internacional “The Flash Travel Photo”. Em 2015 integrou da mostra coletiva Combos, com curadoria de Ralph Gehre, na Hill House, em Brasília. Participa da itinerância da Bienal de Curitiba, que se realiza neste momento em Assunção.

Luiz Gallina Neto (1953) é paulistano, mudou-se  para Brasília em 1969 e graduou-se  em Comunicação  Social, na área de publicidade e propaganda, em 1975. Ganhou dois prêmios em 1979, no Documento de Arte Contemporânea do DF e no Salão  de Desenho e Gravura do DF, na categoria desenho. Selecionado para o 9o Salão Nacional de Artes Plásticas em 1986, expôs no MAM de São Paulo em 1990. Em 1994 entrou para a UnB como professor concursado. Em 2004 concluiu mestrado em Poéticas Contemporâneas na UnB. Compõem seu currículo exposições individuais e coletivas, tanto no país quanto no exterior.

Gisel Carriconde Azevedo é artista plástica graduada pela Universidade de Brasília, com mestrado e doutorado na Universidade de Brighton (1997) e na Universidade do Leste de Londres (2012), respectivamente. Entre 2000 e 2016, trabalhou com expografia no Museu de Valores do Banco Central, experiência que marcou sua produção artística, direcionando sua atenção para a relação entre objeto, espaço e público. Trabalhando com instalação desde 2003, a artista se interessa especialmente por design e pelo uso dos objetos e da linguagem na construção do conhecimento.  Desde 2014, está a frente do deCurators, um espaço de arte autônomo voltado para experimentações na área de curadoria e para a formação de público de arte contemporânea.

Sobre o designer

Aos 16 anos, Jader Almeida teve o primeiro contato com a indústria de mobiliário, iniciando seu envolvimento em todo o processo produtivo. Desde 2004 desenvolve produtos exclusivos para indústrias, tendo como principal parceira a marca SOLLOS de Santa Catarina. Em 2013, passa a integrar a equipe de designers da marca alemã ClassiCon. Formado em arquitetura, com peças premiadas nos principais concursos nacionais e internacionais de design, Jader Almeida conquista cada vez maior destaque e segue aprimorando seu trabalho com a participação em feiras, exposições, visitas técnicas e cursos em diversos países. Entre os prêmios recebidos estão o Good Design Award Chicago – USA: poltrona CELINE (2018), IF Design Award: poltrona CELINEBest in Show – Categoria Peças Especiais – Coleção DECA (2017) e IF Product Design Award: Mia chair e Good Design Award Chicago: MIA chair, LEGG dining table (2016). O designer atua também em projetos de arquitetura, desenvolvidos em seu escritório em Florianópolis, Santa Catarina.

Serviço:

Conversa com designer, artistas e curadores

Com Jader Almeida, Lucinda Simas Magalhães, Luiz Gallina, Gisel Carriconde e Ralph Gehre

Quando: 20 de setembro

                 Quinta-feira, 19h

Local: Hill House, CasaPark, Piso Térreo, Lojas 125/126

           Brasília-DF.

Telefone: (61) 3363-5273

Lançamento da coleção 2018/2019

De Jader Almeida

Design de mobiliário

Quando: 20 de setembro

                 Quinta-feira, 19h

Local: Hill House, CasaPark, Piso Térreo, Lojas 125/126

           Brasília-DF.

Telefone: (61) 3363-5273

Abertura das mostras

“Vistas para tocar o mundo”

Fotografias de Lucinda Simas Magalhães

“Pinturas e sonhos”

Óleos e acrílicas sobre tela de Luiz Gallina

Curadoria: de Ralph Gehre

Quando: 20 de setembro

                  Quinta-feira, 19h

Visitação: De segunda a sábado, das 10h às 22h

Local: Hill House, CasaPark, Piso Térreo, Lojas 125/126

           Brasília-DF.

Telefone: (61) 3363-5273

Inauguração da Galeria Vitrine

Instalação em homenagem a Sérgio Rodrigues

Criação: Gisel Carriconde

Quando: 20 de setembro

                  Quinta-feira, 19h

Visitação: De segunda a sábado, das 10h às 22h

Local: Hill House, CasaPark, Piso Térreo, Lojas 125/126

           Brasília-DF.

Telefone: (61) 3363-5273

Galerias

Cadastre-se e receba novidades

Quer ficar sabendo sobre promoções, notícias e informações do CasaPark?

Cadastre-se