Do nascimento à adolescência: como criar um quarto que se adapte a todas as fases do seu filho?

23 de Julho de 2019
Notícias

Além de instaurar uma nova rotina, a chegada de um bebê na família também pede alguns cuidados, como a adaptação dos cômodos para o novo membro. Mas, o lugar que os pais mais se dedicam a pensar nos detalhes é, com certeza, o quarto da criança. Vai ser temático? Colorido? Neutro? Tons pastéis ou não? Essas são algumas das questões levantadas por eles, que querem concretizar o sonho de um espaço lindo para essa pessoa tão especial! O que poucos se atentam é no crescimento acelerado das crianças, que podem perder muitos dos móveis e decorações escolhidas para o ambiente. 

Quer saber como fazer um quarto pro seu filho mais funcional e que durável? A gente te ajuda! 

 

Cores  

Começar a decorar qualquer ambiente pela paleta de cor é sempre uma boa pedida. Para o quarto das crianças, aposte em cores mais neutras, já que elas não cansam o olhar e evitam a sensação de que o quarto tem muita informação. Tons de branco, cinza, off white, pastéis, azuis, além de lindos e versáteis, trazem relaxamento aos que estão no ambiente, de acordo com estudos de cromoterapia. 

Não se esqueça que as cores também são importantes para estimular a percepção das crianças e criar um ambiente mais lúdico. 

 

Móveis 

Sabemos que alguns móveis são indispensáveis para certas idades e que vamos precisar trocá-los conforme as crianças forem crescendo, como os berços ou caminhas infantis. São nesses objetos que podemos utilizar cores e estampas mais chamativas, já que serão substituídos no futuro. Mas, até essas peças mais limitadas podem ser versáteis. Hoje já existem berços que se transformam em mini camas no mercado. 

Os outros móveis do cômodo devem ser pensados de forma mais inteligente. Ao invés de investir em um trocador de fraldas, por exemplo, compre uma cômoda com espaço de bancada e apenas coloque os acessórios para trocar o bebê. Assim você poderá utilizar o móvel por muito tempo. O mesmo vale para as poltronas de amamentação ou criados mudos, que, se escolhermos com um design mais moderno e neutro, vai ficar lindo nos outros cômodos da casa depois que o bebê crescer. 

Trend alert: móveis amadeirados estão super em alta e são ótimas apostas para quem quer fugir do branco convencional. Essas peças, além de duráveis, trazem um ar mais moderno para o ambiente e conversam com os mais diversos estilos de decoração. Se você quer um móvel que vai durar até o seu filho crescer, essa dica é valiosa! 

 

Decoração 

Se você tem o sonho do quarto temático, aposte nos detalhes! Quadros com a estampa do tema, roupas de cama, cortinas e pequenos acessórios, como as almofadas, são mais fáceis de substituir que uma poltrona estampada, por exemplo. São os objetos menores que serão os grandes responsáveis por dizer a idade do seu filho! Com o crescimento do bebê, você só precisará fazer pequenos ajustes. 

Outra alternativa interessante é investir nos adesivos, já que são mais fáceis de remover e possuem um custo menor do que um papel de parede. Mas, se não abre mão desse tipo de decoração, estampas geométricas conversam com todas as faixas etárias, só se atente para as cores. Ursinhos, brinquedos e livros também podem trazer o ar mais infantil para o ambiente! 

 

Gostou das dicas? Compartilhe com quem está passando por essa fase agora.

Cadastre-se e receba novidades

Quer ficar sabendo sobre promoções, notícias e informações do CasaPark?

Cadastre-se