GRAHAM O CORPO COLISIONADO

Design pelo Mundo - 26 de Março de 2018

Uma campanha australiana sobre segurança rodoviária tem apresentado uma escultura interativa assustadora chamada Graham, uma figura quase humana projetada para resistir a colisões de carros que acontecem nas estradas.

Apresentada em 2017 pela Comissão de Acidentes de Transporte da cidade de Victoria (TAC), Graham expressa a extrema vulnerabilidade das pessoas nos acidentes de trânsito, imaginando como os seres humanos teríamos evoluído para suportar a violência das colisões dentro de um carro de baixo impacto.

O resultado é uma figura amorfa de crânio alargado onde a cabeça permanece ligada ao corpo sem o pescoço, uma das partes mais desprotegidas durante os embates. Um torso com sacos pendurados ao longo da superfície recriam Airbags orgânicos que o protegem da violência do impacto, e extremidades inferiores que lembram a estrutura óssea dos cangurus, permitindo uma rápida saída do veículo antes do desastre.

Criado pela artista Patricia Piccinini em colaboração com uma equipe composto por cirurgiões e especialistas em investigação de acidentes, a surreal figura esta construída em fibra de silicone, aço, concreto e cabelo humano, pesando uns 200kgs aproximadamente.

Graham acaba de ganhar o Prêmio “Beazley Designs of the Year”, na categoria Digital, sendo uma das 62 nominações apresentadas no evento dividido em 6 categorias: Arquitetura, Digital, Moda, Gráfica, Produto e Transporte.

Cadastre-se e receba novidades

Quer ficar sabendo sobre promoções, notícias e informações do CasaPark?

Cadastre-se