A maior (e mais cara) casa do mundo

Entre os prédios mais altos da cidade indiana de Mumbai, o que parece ser mais um edifício, na verdade é uma casa. Isso mesmo, uma casa – a maior e mais cara do mundo. Ela pertence ao bilionário iemenita Mukesh Ambani e custou nada menos que US$ 700 milhões. Hoje, está avaliada em US$ 1bilhão.

A casa construída para receber o bilionário, sua mulher e seus três filhos, recebeu o nome de Antilia. São 37 mil metros quadrados de área construída distribuídos em um prédio de 173m de altura, o equivalente a mais ou menos 57 andares de um prédio normal, é praticamente um arranha-céu. Nem precisa dizer que o prédio se destaca na paisagem da cidade. Mas como este não é um prédio normal, ele tem apenas 27 andares servidos por nove elevadores que dão acesso a um ginásio de esportes, um estúdio de ioga, uma academia, um salão de baile, uma sala de cinema, uma sala de teatro, três helipontos, garagem subterrânea para 160 carros e aos suntuosos jardins suspensos que ocupam três andares. O salão de festas tem 80% do teto coberto por lustres de cristal. A casa Antilia levou três anos para ficar pronta, o que aconteceu em 2010. Para manter a organização de toda essa estrutura e fazer a faxina são necessários 600 empregados que se revezam durante as 24 horas do dia.

Mukesh Ambani foi eleito pelo quinto ano consecutivo, o homem mais rico da Índia pela revista Forbes Asia e o quarto homem mais rico do mundo. Seu patrimônio estimado em 2012 foi de US$ 21 bilhões. Industrial, Ambani é dono do maior conglomerado privado da Índia, o Reliance Group, que atua principalmente nos setores de energia e mineração.

Veja fotos da mansão:

  • Comentários(0)

Trackback URI | Comments RSS

Faça um comentário sobre esta notícia